O legado do design vem sendo construído nas escritas, nas metodologias, na prática diária e no desenvolvimento de projetos que marcam novos capítulos de uma história que começou há muito tempo.

O movimento estudantil de design no Brasil e a profusão do design enquanto ferramenta de transformação social, estão crescendo e chegando mais perto das pessoas, impactando de forma positiva na valorização da profissão.

Inspirado nos eventos N Design (nacional) e R Design (regionais), o design ZIP foi criado por estudantes de universidades de Porto Alegre, para proporcionar aos demais acadêmicos da Região Metropolitana de Porto Alegre, a oportunidade de fazer uma imersão no universo do design.

O ZIP é um evento compacto, mas repleto de conteúdo e atividades que promovem reflexões e transformam realidades diariamente. Já se passaram cinco anos desde a primeira edição e muitas vezes nos deparamos com momentos críticos, mas o design nos permitiu continuar idealizando um amanhã melhor.

O luto a que nos referimos vem da indignação ao ver que o ensino superior no Brasil está sendo desvalorizado e sucateado. Porém, essa situação nos dá forças para fazer a nossa parte na valorização do design e, através dele, construir uma nova sociedade, onde o progresso e o desenvolvimento socioeconômico possam deixar marcas positivas na história.

Nossas ações em prol do design e a determinação para construir um amanhã melhor serão nosso legado para as próximas gerações. Um legado que começou em 2014, com um pequeno grupo de universitários que acreditaram que difundir o design poderia ajudar a melhorar o ensino superior e o mercado profissional.

Seguimos firmes na disseminação dos nossos ideais. Do luto ao legado é o sentimento da nossa missão enquanto designers: criar meios para transformar a sociedade e promover o bem comum, deixando marcas de progresso na infinita linha do tempo do design.

Scroll Up